Fazendo a Diferença!

Eaí meus amores, tudo numa boa? Eu estava lendo a revista Atrevidada edição numero 261, e gosto muito do conteúdo que são abordados nela mas tem uma seção que amo amo amo, que é a: Você é única, ali são contadas diferentes história de meninas que em algum momento fizeram a diferença, seja apenas na vida delas ou até mesmo em um meio que mudou. Nessa edição foi contado a história de várias meninas que estão em todos os cantos do Brasil e eu amei conhecer um pouco mais sobre essa atitude e hoje trago a minha interpretação aqui para vocês (para o conteúdo completo está na revista, aqui vou apenas mencionar trechos que gostei)

hauhahs

Hoje conto a história de meninas com idade entre 14 e 19 anos, elas se uniram de cinco regiões do país todas com apenas um objetivo, tornar o mundo melhor para as mulheres.

“As meninas são a chave para toda a solução

sustentável e não será possível sem elas”

Está foi a última frase que consta na Declaração das meninas do Brasil, não sabe que declaração é essa? Eu também não sabia e quando li a matéria amei a atitude então vou te explicar.

A declaração foi escrita por meninas que participam da ONG Essa é Minha Vez, a ideia do projeto é fazer com que lideres mundiais olhem mais para o direito das meninas, essa ONG está presente em 70 países e está presente no Brasil desde 1997.

Essa declaração foi para a Assembleia Geral da ONU em Nova York (para saber mais sobre a declaração: Revista Atrevida).

Trouxe uma pequena explicação do que é o projeto e agora vou focar nos dados que elas defenderam.

Garantir que as garotas tenham atendimento por profissionais que entendam e respeitem as especificidades delas.

 

Ter direito de frequentar a escola independente do seu estado civil, gravidez ou qualquer outra condição.

 

Ser protegida contra qualquer tipo de violência e discriminação e ter acesso a justiça.

 

Esses são três de diversos assuntos que as meninas estão lutando para ter acesso e direito, eu achei a matéria muito boa e vale a pena ler na integra, acredito que devemos educar as nossas futuras gerações para sempre exigir seus direitos e nunca deixar de cumprir os seus deveres, assim vamos caminhando aos poucos para um Brasil, mundo melhor.

hauhahs

Bem meus amores, esse foi o post de hoje espero que tenham gostado, tem um grupo em sua cidade que faz a diferença? Me conte nos comentários…

Beijinhos no Coração!!!

( Observação esse post não é Publi, eu gostei da matéria e achei legal dividir aqui com vocês a minha opinião, para ter acesso a matéria que saiu na revista é preciso adquirir o exemplar)

6 Comments

  1. Daniella Dias

    11 de julho de 2016 at 10:36 pm

    Aqui na minha cidade, não que eu saiba.
    Muito legal essa iniciativa e achei bem legal você compartilhar!
    parabéns!

    bjOO

    Dany
    http://www.brechodanylins.com.br

    1. Moh

      13 de julho de 2016 at 9:10 am

      obrigada linda, gosto mundo dessa coluna da revista sempre tras histórias inspiradoras de jovens que fazem a diferença…bjinhos e volte sempre!!!

  2. Biaah Teodoro

    12 de julho de 2016 at 11:21 am

    Muito legal, bom não sei. Temos o grupo de pessoas que reciclam, que em minha visão é um grande avanço e auxilio para mundo melhor, e que eu faço parte. Assim guardamos todos os recicláveis e doamos para pessoas que passam na rua pegando, assim ajudamos na sustentabilidade e gerar uma renda para essas pessoas menos favorecida.

    beijos

    1. Moh

      13 de julho de 2016 at 9:11 am

      Que legala dorei saber que tu é uma participante, e adorei mais ainda saber que esse grupo faz a diferença para as pessoas que estão em um momento dificil, parabens pela atitude…bjinhos

  3. BlogAmay

    12 de julho de 2016 at 1:18 pm

    Que interessante! Essas histórias são sempre uma motivação. Parabéns pelo post.

    1. Moh

      13 de julho de 2016 at 9:12 am

      Obrigada linda, vale a pena conferir sempre tem histórias inspiradoras na revista, adoro saber que tem pessoas que pensam e agem para fazer a diferença…bjinhoa

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: